Cluster para a Energia Eólica





A INTELI apoiou o Ministério da Economia no desenvolvimento de um sistema de indicadores para avaliar as propostas ao concurso para a atribuição de capacidade de injeção de potência na rede para energia elétrica produzida em centrais eólicas. 


Em 2005 o Ministério da Economia lançou um concurso para a atribuição de uma potência de 1.500 MW de energia eólica. Tendo por objectivo potenciar os efeitos deste investimento, a INTELI propôs o desenvolvimento de um sistema de indicadores para avaliar as propostas concorrentes de modo a induzir a criação de um cluster industrial associado à produção de equipamentos para a produção de energia eólica.


Resultados

Foi criado um novo Cluster Industrial em Portugal, representando um investimento de mais de 300 milhões de euros e 3.200 empregos diretos.



  • Bookmark and Share