RENERGY - Estratégias Regionais para Políticas Energéticas Sustentáveis
 




 

O RENERGY é um projeto de cooperação territorial europeia que visa contribuir para a concretização dos objetivos da Estratégia Energia 2020 no que respeita ao reforço da parcela de energias renováveis no consumo final de energia e ao incremento da eficiência energética.

Para que se atinja este objectivo, importa adotar estratégias e políticas, assim como mecanismos de execução das mesmas, capazes de mudar as atitudes e práticas na UE mas também de destacar e viabilizar novas oportunidades de negócio e novos empregos.

As políticas europeias e nacionais são essenciais para identificar orientações e trajetórias, mas a definição, em concreto, das medidas a implementar tem de ter em conta as especificidades dos locais/regiões alvo: necessidades, constrangimentos, recursos, potencialidades, infraestruturas, competências, etc. Só assim essas políticas se podem efetivamente materializar em escolhas de longo prazo eficientes, integradoras e inclusivas, capazes de promover o desenvolvimento regional e local de forma sustentável.

Os parceiros do RENERGY decidiram juntar as suas competências e experiência e pô-las ao serviço da concretização destas metas. O foco da sua intervenção são os aspetos que podem efetivamente ser influenciados pelas políticas e ações locais. Isto é, tendo como alvo a eficiência energética e as fontes de energia renováveis, a parceria procurará identificar e estimular ações concertadas a nível local/regional que permitam às comunidades avançar mais rapidamente para uma economia de baixo carbono, bem como identificar e estimular oportunidades de negócio em produtos, tecnologias e serviços ligados ao setor energético sobretudo para as PME locais/regionais dado o papel que estas assumem na criação de empregos regionais/locais.

No âmbito do projecto RENERGY, A INTELI firmou uma colaboração com o município de Torres Vedras para o desenvolvimento de um Plano de Implementação Local. A equipa do município disponibiliza informação de referência e paralelamente promove o debate público e o envolvimento dos agentes locais, factor determinante para o sucesso das ações. Por seu lado a INTELI desenvolverá um conjunto de instrumentos de política no âmbito das energias renováveis e eficiência energética, a aplicar nos setores residencial, serviços e edifícios públicos.

O Plano Implementação Local desenvolvido com Torres Vedras será divulgado em visitas de estudos e seminários interregionais, bem como junto dos restantes stakeholders que integram o RENERGY.


Objectivos

Reforçar, através da cooperação interregional, a eficácia das políticas locais/regionais de energia sustentável.

Promover a cooperação estreita entre comunidades locais, fornecedores de energia e autoridades públicas de forma a otimizar a produção de energia renovável e impulsionar a eficiência energética e, simultaneamente, fomentar a adoção de comportamentos mais eficientes do ponto de vista energético.

Promover a melhoria das condições de investimento na "economia verde" e assim contribuir para o crescimento económico e a criação de emprego.

Demonstrar a relevância das abordagens "bottom up" na definição e implementação de políticas energéticas sustentáveis, através da criação de "Laboratórios de Energia", espaços abertos de discussão que incluem os vários stakeholders locais. Este envolvimento garante que as ações definidas são baseadas nas necessidades, recursos e potencialidades das comunidades regionais/locais garantido em paralelo uma maior efetividade na concretização dos planos e recomendações propostos.

Destacar o papel do setor empresarial local, criando um ambiente empresarial favorável do ponto de vista financeiro, legal e administrativo. Nem todas as soluções serão encontradas ao nível local mas novas formas de cooperação entre as empresas locais (especialmente PME) e as autoridades públicas induzirão melhores soluções do ponto de vista da melhoria da eficiência energética e do reforço das energias renováveis. A parceria RENERGY dispõe de extensa experiência e de um conjunto de boas práticas que importa disseminar através de planos de implementação regionais/locais.

Enfatizar o papel das autoridades públicas regionais/locais no desenvolvimento e implementação de instrumentos e ferramentas de política que envolvam os vários atores regionais/locais (comunidade, empresas, etc.).

Estes objetivos devem, em conjunto, estimular modelos de governação energética mais eficientes e que suportem politicas e ações inclusivas e sustentáveis (por exemplo, assegurar no âmbito dos projetos de desenvolvimento territorial um melhor mix de energias renováveis e eficiência energética no setor residencial, dos serviços e edifícios públicos).

 

Resultados

RELATÓRIOS DE AUTO-AVALIAÇÃO/DIAGNÓSTICO: Cada parceiro regional/local irá produzir um relatório de auto-avaliação/diagnóstico centrado na eficiência energética e no potencial de energia renovável. Concluído Relatório de Torres Vedras | Relatório Síntese da Parceria

ENERGY LABS: São laboratórios abertos orientados para a criação de sinergias reais entre utilizadores, produtores, empresas, políticos e setor público que permitem identificar produtos comercializáveis no mercado bem como ferramentas e instrumentos de política a adotar.
Apresentação do 1º Energy Lab | Relatório do 1º Energy Lab
Apresentação do 2º Energy Lab

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS: Cada parceiro regional/local irá identificar um conjunto de boas práticas relacionadas com a eficiência energética e as energias renováveis para ser partilhado com outras regiões.

PLANOS DE IMPLEMENTAÇÃO regional/local: Cada parceiro regional/local irá produzir um plano de implementação regional relacionado com a integração das lições aprendidas durante o processo de cooperação nas políticas locais/regionais. Estes planos deverão ser validados por autoridades públicas.

GUIA DE RECOMENDAÇÕES POLÍTICAS: Será produzido um documento com recomendações políticas centrado na eficiência energética e nas energias renováveis.


Parceiros

Província de Potenza (Itália) (líder da parceria); INTELI – Inteligência em Inovação, Centro de Inovação (Portugal); Cidade de Tulln (Áustria); “National Research Council of Italy” (Itália); Cidade de Worms (Alemanha); Durham County Council (Reino Unido); “The Association of Municipalities Polish Network Energie Cités” (Polónia); “Kaunas University of Technology” (Lituânia); Município de Avrig (Roménia); “Building for the Future” (Reino Unido); Município de Slagelse (Dinamarca); Município de Szentes (Hungria).


Conheça melhor o projeto


Newsletter da Parceria #1

Newsletter da Parceria #2

Newsletter da Parceria #3

Newsletter da Parceria #4

Newsletter da Parceira #5

Newsletter Local #1

 



  • Bookmark and Share