SMART CITIES Portugal - Cidades Inteligentes, Competitivas, Sustentáveis
 



 



 

 


A Rede "Smart Cities Portugal" tem como objectivo promover o desenvolvimento e produção de soluções urbanas inovadoras, de forma integrada, com vista à estruturação da oferta e sua valorização nos mercados internacionais; potenciar a participação das empresas e cidades portuguesas no mercado das cidades inteligentes; e afirmar a imagem de Portugal como espaço de concepção, produção e experimentação de produtos e serviços para smart cities.

A urgência de uma visão inteligente para o tecido urbano nacional juntou empresas, universidades, parceiros financeiros (Caixa Geral de Depósitos) e entidades públicas como a AICEP. A INTELI com o apoio da rede de cidades RENER deu o mote para o arranque do projecto.
A SMART CITIES PORTUGAL acompanha as mais recentes tendências. Diversos países e cidades têm vindo a criar dinâmicas similares, como é o caso de Málaga que, em Janeiro de 2013, lançou uma Plataforma de Inovação Empresarial para Cidades Inteligentes, integrando entidades diversas, no âmbito da sua participação na Rede Espanhola de Cidades Inteligentes. 
O mercado das indústrias associadas às cidades inteligentes encontra-se em pleno crescimento, apresentando-se como uma oportunidade para as empresas portuguesas que desenvolvem e produzem soluções inovadoras para smart cities.
Em Portugal existem condições favoráveis à afirmação das empresas e cidades portuguesas neste mercado, nomeadamente: a Rede RENER - Living Lab para a Inovação Urbana; um conjunto de projetos smart em implementação nas cidades nacionais; um grupo de empresas com capacidades para desenvolverem soluções urbanas inovadoras; e universidades e centros de investigação com competências nas áreas chave do mercado das cidades inteligentes.
No entanto, existem falhas de mercado que urge colmatar:
  • O deficiente conhecimento do mercado das cidades inteligentes, nomeadamente em termos de modelos de governação, sistemas de financiamento e modelos de negócio;
  • A necessidade da cooperação interempresas e da integração da oferta nacional com vista à sua valorização no mercado internacional.
De facto, o mercado das cidades inteligentes exige competências multidisciplinares e capacidade de integração de soluções e sistemas, nomeadamente nas áreas das redes de energia, mobilidade e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).
As cidades inteligentes são uma prioridade nas políticas da União Europeia e de Portugal, nomeadamente na estratégia de reindustrialização, na Agenda Digital e nas estratégias nacionais e regionais de inovação para uma especialização inteligente, com reflexos nos programas de financiamento do próximo período de programação 2014-2020.
A INTELI tem em curso, desde 1 de Maio de 2013, um projeto no âmbito do SIAC - COMPETE que permite alavancar o desenvolvimento de algumas das ações necessárias para promover o aproveitamento das oportunidades associadas ao mercado das smart cities, com foco na internacionalização e no empreendedorismo urbano. Neste âmbito, a INTELI assumiu o papel de entidade gestora da Smart Cities Portugal, fazendo a ponte com as autarquias que integram a rede RENER e novas autarquias que querem participar no alargamento da rede, bem como a ligação entre os gestores dos territórios e parceiros estratégicos nas empresas, indústrias, na área financeira e nas universidades.

Parceiros 

A INTELI é uma associação privada sem fins lucrativos orientada para o desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo dos territórios.

O Pólo de Competitividade e Tecnologia das Indústrias da Mobilidade (CEIIA/PCT Mobilidade) tem como missão posicionar Portugal como referência na investigação, concepção, desenvolvimento, fabrico e teste de produtos e serviços das indústrias da mobilidade, integrando um conjunto de empresas desta indústria.

O Cluster Habitat Sustentável tem como objectivo desenvolver materiais e tecnologias que permitam novos desempenhos a nível energético e ambiental e respeitem os recursos naturais, mobilizando um conjunto de actores associados ao sector.

O Pólo de Competitividade e Tecnologia da Energia pretende fomentar o desenvolvimento tecnológico e a inovação no sector da energia, com ênfase nas energias renováveis e na eficiência energética, empreendedorismo inovador e modernização da indústria portuguesa, tendo como membros um conjunto de empresas deste sector. 

O Pólo de Competitividade e Tecnologia TICE.pt tem como estratégia global construir uma plataforma de concertação que envolva e mobilize os principais actores das TICE nos processos de inovação, I&DT, transferência de conhecimento, formação avançada, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos e serviços, marketing e internacionalização, integrando um conjunto de empresas deste sector.

No âmbito da Smart Cities Portugal, integram a parceria estratégia para a rede de Cidades Inteligentes um conjunto de empresas de renome internacional, com trabalho feito na criação de soluções tecnológicas inovadoras. É o caso da SIEMENS, IBM, ORACLE e INDRA.

Smart Cities Portugal Roadmap

Smart Cities Portugal Roadshow

Mais informação  www

 



  • Bookmark and Share